Escola de Ciência Política


Jupiter, Mars, Quirinus (1938)
Julho 7, 2007, 9:37 pm
Filed under: Ficheiros bibliográficos
Obra de Georges Dumézil (1898-1986), com o subtítulo: Essai sur la Concéption Indo-Européenne de la Societé et les Origines de Rome, Paris, NRF, 1938, onde se considera que o entendimento de qualquer organização política implica o entendimento da relação entre o poder político o poder espiritual, o poder administrativo e o poder económico. Porque a civilização indo-europeia teria sido, desde sempre, marcada pela tripartição do poder entre o saber religioso — Júpiter —, o poder militar — Marte — e a produção de bens — Quirinus. Porque todos os povos têm necessidade de serem comandados, defendidos e alimentados. Três funçöes que na natureza são equiparáveis ao cérebro, aos músculos e à boca. Contudo, só os povos europeus é que transformaram essas três necessidades vitais numa concepção do mundo, assinalando três funçöes à política: soberania, defesa e produção. Fez-se uma transposição da prática instintiva das três funções para uma reflexão (… ) sobre a sua ordenação, agrupando-as numa filosofia implícita ou explícita que penetra todas as províncias do pensamento.

Retirado de Respublica, JAM


Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: