Escola de Ciência Política


Jugoslávia (Jugoslavija)
Julho 7, 2007, 9:35 pm
Filed under: Geografia histórico-política
Grande guerra de 1914-1918. Em 20 de Julho de 1917 surgira a declaração de Corfu, publicada conjuntamente por um comité jugoslavo no exílio e pelo governo sérvio refugiado, onde se prevê a congregação dos eslavos do sul, sob a direcção da Sérvia, numa monarquia constitucional. Em 23 de Novembro de 1918, em Zagreb, um congresso nacional institui o reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos que, a partir de 3 de Outubro de 1929, passa a designar-se por Jugoslávia; foi então designado rei Pedro I, mas devido à sua idade, Alexandre foi proclamado imediatamente como regente; será rei, Alexandre I, entre 1921 e 1934. As fronteiras do novo Estado, então com quase 14 milhões de habitantes e 248 494 quilómetros quadrados, são fixadas pelos Tratados de Neuilly (27 de Novembro de 1919), Saint-Germain (10 de Setembro de 1919) e Trianon (4 de Junho de 1920); no novo Estado aparecem cerca de 15% de minorias não eslavas, como albaneses, húngaros, alemães e romenos; a nova bandeira reunia as cores azul da Sérvia, branca, da Croácia, e vermelha, da Eslovénia. A partir de 1929 surge uma ditadura marcada pelo centralismo, contra a reacção dos croatas, liderados pelos ustachis

dirigidos por Ante Pavelic; em 9 de Outubro de 1934 o rei era asassinado em Marselha pelos nacionalistas croatas.

II Guerra Mundial. Em 25 de Março de 1941 a Jugoslávia aderiu ao pacto tripartido; dois dias depois, surge um golpe militar anti-alemão; em 6 de Abril, a Alemanha invade a Jugoslávia; a Croácia passa a Estado independente e recebe parte da Bósnia; a Itália anexa a Eslovénia e a Dalmácia; a Bulgária ocupa grande parte da Macedónia; a Hungria recebe parte da Voivodina. Surge uma resistência anti-alemã: de um lado, os chetniks dirigidos pelo coronel sérvio Mihaílovitch; do outro os comunistas, os partisans, dirigidos pelo croata Josip Broz, Tito; tanto os soviéticos como os restantes aliados apoiam estes últimos que conseguem instaurar uma organização administrativa; em Novembro de 1942, os titistas criam um comité antifascista de libertação nacional e em 1943, um governo provisório; em Outubro de 1944, as tropas soviéticas entram na Jugoslávia. Nas eleições de 11 de Novembro de 1945 surge uma lista única liderada pelos comunistas, a chamada Frente Nacional que consegue 90% dos votos. Em 31 de Janeiro de 1946 estabelece-se uma nova constituição que faz da Jugoslávia uma federação de seis repúblicas (Sérvia, Croácia, Eslovénia, Bósnia-Herzegovina, Montenegro e Macedónia); o coronel Mihailovitch é executado em 17 de Julho de 1946.

Retirado de Respublica, JAM

Imagens picadas da Wikipédia

Advertisements

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: